depoimentos

  • Luana Goes

    Me chamo Luana, sou psicóloga e trabalho como instrutora de aprendizagem há alguns anos. Além dos trabalhos formais, sempre estive próxima de atividades voluntárias e de cunho social. Aliás, foi buscando um lugar para desenvolver um projeto voluntário relacionado a educação que cheguei ao Cursinho Popular Maio de 68 e, logo, ao Renan. Um profissional competente e extremamente dedicado que nos faz acreditar que a possibilidade de construir um trabalho transformador com bases sólidas sustentadas por integridade e determinação é possível! Me sinto privilegiada por estar próxima de seus projetos e bastante esperançosa e feliz com a certeza de que podemos confiar plenamente no trabalho que esse amigo e companheiro de lutas busca realizar.

    • Facebook
    • Twitter
    • Instagram
  • Matheus Machado

    Eu sou o Matheus, professor da rede estadual em Mogi, resolvi deixar esse depoimento primeiro por conhecer o Renan a mais de 10 anos, no final dos anos 2000 já estávamos pela cidade lutando por pautas da educação e confiantes que um futuro diferente para Mogi era possível. Nos reencontramos em 2015 quando participamos e construímos o maior movimento de luta da história dos professores do estado de São Paulo, mesmo não fazendo parte da categoria ainda, lembro do Renan participando ativamente de todas as reuniões, assembleias, visita as escolas, foram dias bem agitados e de muito aprendizado. Em meio a tantas conversas ele sempre voltava na ideia de fundar um cursinho popular na cidade, fomos ajustando os últimos detalhes e resolvemos aprender fazendo. Fundamos juntos com outros grandes colegas o Cursinho Popular Maio de 68, participamos da luta por moradia em Jundiapeba, agência popular de empregos, além de uma grande amizade que se construiu a partir das lutas sociais.

    • Facebook
    • Instagram
  • Fernanda Mallak

    Meu encontro com o Renan foi em 2015, na Universidade Federal do ABC, durante o mestrado em Planejamento e Gestão do Território. Nossa sintonia foi imediata, gostávamos de conversar sobre questões sociais, os problemas do mundo, trocando as experiências vividas e perspectivas para o futuro. Depois de um ano que o conheci, passamos a compartilhar as nossas histórias, a vida e os sonhos. Começamos também a construir projetos sociais juntos em Mogi das Cruzes, como o Cursinho Popular Maio de 68 e participar de outros como o Movimento Jundiapeba por Moradia. Posso dizer que estar cotidianamente ao lado do Renan é aprendizado, é troca, é  luta, é admiração!

    • Facebook
    • Twitter
    • Instagram
  • Agatha bonelli

    Conheci o Renan em 2017 quando fui aluna do Cursinho Popular Maio de 68, projeto que ele constrói desde seu início. O cursinho é uma iniciativa incrível para alunos da rede pública que não podem pagar para estudar para o vestibular e o número de aprovados em universidades cresce a cada ano. Desde o começo, a vontade do Renan e dos outros colaboradores era transformar o cursinho em um projeto gerido pelos próprios alunos e este sonho está se concretizando: hoje sou professora do Maio de 68 e ajudo outros alunos a ingressarem na universidade pública.

    • Instagram
  • Eugênia Rosa

    A sociedade contemporânea nos desafia com muitas realidades sociais injustas. Mas saber que existe pessoas como você, Renan Castro... Que desde muito pequeno já trazia em si essa responsabilidade de fazer o mundo melhor é inspirador. É uma honra para para mim ter visto você crescer com valores incríveis e fazer parte de tantos projetos que fazem a diferença na vida de tantas pessoas. Você é uma pessoa que promove a justiça e a paz e isso me faz ser sua fã. Conta comigo, hoje e sempre em sua luta por equidade social.

    • Facebook
    • Instagram
  • Felipe Amaral

    Olá, eu sou Felipe, trabalho no suprimentos de uma indústria e tenho formação na área de logística.  Meu contato com a política vem com um pouco mais de 10 anos, com o movimento estudantil no ensino médio.  Foi exatamente nesse período que conheci o Renan, e nos tornamos grandes amigos, tanto das lutas do cotidiano, quanto pessoalmente. O Renan sempre foi vanguarda no meio do movimento estudantil que tinha como principal bandeira o passe livre dos estudantes de escolas públicas, ou seja  desde muito jovem já tinha anseios que lhe tiravam do conformismo da sociedade. Hoje os projetos são maiores e completam toda essa sua longa trajetória nos movimentos sociais. Me sinto orgulhoso em poder ajudá-lo na construção dos seus projetos, e ter condições de ampliar e viabilizar suas inúmeras ideias em prol da população mais pobre.

    • Facebook
    • Instagram
  • Kadu Bernardes

    Eu conheci o Renan Castro, por volta de 2006, no movimento estudantil. Participamos do movimento pelo passe livre e posteriormente melhorias nas escolas técnicas. Por volta de 2009 lutamos por melhorias nas universidades privadas de Mogi. Em 2011 o Renan passa na Universidade Federal e vai estudar geografia no Sul de Minas. Mas ele dizia que iria se formar e voltar para Mogi, para se empenhar em melhorias na cidade. E assim foi, logo quando voltou, foi ajudar no movimento sindical, nos professores estaduais. Aquele ano houve uma greve intensa, com vários meses de mobilização. Pouco tempo depois, nós (eu, Matheus, Renan) decidimos montar um Cursinho Popular gratuito, e com a ajuda de diversos amigos montamos o Cursinho Popular Maio de 68. Nos orgulha em ver os alunos passando nos melhores vestibulares do país. De lá pra cá, são quase quinze anos de movimentos sociais, movimento estudantil, sindical e político. Nossa amizade se fortaleceu nestes anos e eu acredito que os próximos anos serão de muito empenho, desafios, alegrias e esperança. Sempre buscando desenvolver um mundo melhor.

    • Facebook
    • Instagram
Simbolo Br Renan